História

Aos dois dias do mês de janeiro de 1905, foi criado o Distrito com o nome de São Sebastião do Atolador, pertencente ao município de Piracanjuba. É considerado seu fundador o comerciante Antônio Bons Olhos. As terras do patrimônio foram doadas pelo fazendeiro Joaquim Leandro. Pelo Decreto-Lei n° 8.305, de 31 de dezembro de 1943, passou do Distrito de São Sebastião do Atolador para o Distrito de Mairipotaba. Pelo Decreto-Lei n° 899 de 12 de novembro de 1953, a Assembleia Legislativa do Estado confirma o nome de Mairipotaba.

 

Já no ano seguinte, aos três dias do mês de outubro de 1954, realizou-se a primeira eleição para eleger o prefeito e vereadores, para exercerem as funções no EXECUTIVO e LEGISLATIVO. Para administrar o município recém emancipado foi nomeado o Sr. Sebastião da Silva Franco, que foi o primeiro prefeito. O legislativo era composto por:

 

Do ano de 1959 a 1962 os cargos de vereadores foram ocupados pelos cidadãos: Ramus Silva, Waldemar Mendes, Randolpho Guimarães e Oscar Pires da Silva. No dia vinte de Agosto de 1960 o vereador Randolpho Guimarães afastou-se do cargo de vereador por quatro meses e foi substituído pelo suplente Joaquim José Cardoso. O Executivo era administrado por Sr. Osmundo Teófilo de Menezes.

 

No dia 31 de janeiro de 1963 foram empossados os vereadores eleitos pelo voto popular: Joaquim Lopes de Urzêda, David José de Urzêda, Damas Pereira Urzêda, Amós Leite de Souza, José Leite de Souza Junior, Leônidas Martins da Silva Leão e Moacir Pires da Silva. Esse mandato durou de 1963 a 1966.

 

Aos 31 dias do mês de janeiro de 1967, tomaram posse os vereadores eleitos em 15 de novembro de 1966: Dimas Lopes de Menezes, Mario Lopes de Urzêda, Geraldo Inácio Ferreira, Antônio Vieira de Souza, Antônio Leite, Moacir Pires da Silva e Odilon Pereira Duarte. Em 22 de agosto de 1967 os vereadores Moacir Pires da Silva e Antônio Leite pediram afastamento do cargo por três meses, em razão deste fato foram empossados os suplentes José Julião e Orestes Graciano da Silva.

 

Em 31 de janeiro de 1971 foram empossados os vereadores eleitos em eleição realizada em 15 de novembro de 1970: João Batista da Costa Filho, Tibúrcio Lopes de Menezes, Mario Lopes de Urzêda, Orestes Graciano da Silva, Juvenil Batista de Carvalho, Dorcino Teixeira dos Santos e Geraldo Inácio Ferreira.

 

No dia 31 e janeiro de 1973 foram empossados os vereadores para a próxima legislatura Geraldo Lopes de Urzêda, Odílio Lopes de Menezes, Josias Martins da Silva, João Batista da Costa Filho, Orestes Graciano da Silva, Walter Costa Santos, Juvenil Batista de Carvalho.

 

Em 31 de janeiro de 1977, tomaram posse os vereadores eleitos em 15 de novembro de 1976: Walter Costa Santos, Josias Martins da Silva, José de Urzêda, Wilson Passos de Oliveira, Antônio Gonçalves dos Santos, Joaquim Arantes da Silva e Arlindo Inácio Pires. E o Prefeito neste mandato foi Ari José de Urzêda. Este mandato que durou 6 anos, pois iniciou em 1977 e terminou em 1982.

 

Em 1° de fevereiro de 1983 os vereadores eleitos foram: Djalma Ferreira da Cunha, Celso de Urzêda Pereira, Hermínio Pereira de Freitas, Florentino Teixeira dos Santos, Neusa Maria de Paula, Leolino José de Paula e Wilson Passos de Oliveira. Administraram juntamente com o prefeito Sr. Sebastião de Almeida Barbosa. Mandato que teve duração 6 anos.

 

Em 1° de janeiro 1989 empossaram os vereadores: Wilson Cabral de Souza, Gilberto Sebastião da Costa, Jorge Moreira dos Santos, Antônio Gonçalves dos Santos, Olivarde Marques Nogueira, Jurandir Soares Lopes, Odílio Lopes de Menezes, Neusa Maria de Paula e Hermínio Pereira de Freitas. Durante todos esses anos a Câmara Municipal funcionava juntamente com a Prefeitura, que era no Edifício do Fórum Local. Foi Realizada a ultima sessão ordinária, neste local, no dia nove de novembro de 1992. E neste mesmo ano, houve a desvinculação dos dois órgãos. No dia sete de dezembro do corrente ano iniciou os trabalhos na nova sede, sob a Presidência do vereador Wilson Cabral de Souza, que foi o autor deste ato. A Prefeitura continua com sede no mesmo lugar, e a Câmara Municipal ganhou nova sede na Av. 12 de novembro n° 696, Centro, onde está situada até os dias atuais.

 

No dia 1° de janeiro de 1993 tomaram posse os novos vereadores: Odílio Lopes de Menezes, Edson Narciso da Fonseca, Neusa Maria de Paula, Genon Ferreira Chaves, Olivarde Marques Nogueira, Gilberto Sebastião da Costa, Antônio Carlos de Lima, José Batista de Carvalho Sobrinho e Celso de Urzêda Pereira. No ano seguinte, em 1994, sob a Presidência da vereadora Neusa Maria das Graças, aconteceu um dos fatos mais marcantes na história da Câmara Municipal, pois o Prefeito Gilberto Rosa de Freitas foi destituído do cargo, passando a administração para o Vice-Prefeito Edvaldo Inácio Ferreira o qual continuou no cargo até o fim do mandato.

 

Em 1° de janeiro de 1997 os vereadores empossados foram: Antônio Carlos de Lima, Celso de Urzêda Pereira, Antônio Reinaldo Rosa, José Batista de Carvalho Sobrinho, Neusa Maria de Paula, Jorge Moreira dos Santos, Odílio Lopes de Menezes, Sinomar Quirino Ferreira e Gilberto Sebastião da Costa. No dia 07/02/1999 esta Casa de Leis teve uma triste passagem que foi o falecimento do vereador Gilberto Sebastião da Costa uma pessoa muito querida por toda população, é por esse motivo, que na Câmara tem o Plenário Gilberto Sebastião da Costa.

 

No dia 1° de janeiro de 2001, tomou posse os vereadores eleitos em 1° de outubro de 2000. São eles: Valdeci Rosa de Freitas, Antônio Carlos de Lima, Celso de Urzêda Pereira, Djalma Ferreira da Cunha, Edson Narciso da Fonseca, João Pereira Campos, Josias Pereira Duarte Neto, Neusa Maria das Graças e Odílio Lopes de Menezes.

 

Em 1° de janeiro de 2005 os vereadores empossados foram: Josias Pereira Duarte Neto, Jorge Moreira dos Santos, Sérgio de Urzêda Franco, Osmar Alves de Araújo, Lucilene Batista da Costa Neves, Odílio Lopes de Menezes, Fidelmino Martins da Silva Leão e Djalma Ferreira da Cunha.

 

Já no dia 1° de janeiro de 2009 empossados os vereadores: Feliphe Campos Narciso, João Pereira Campos, Josias Pereira Duarte Neto, Neusa Maria das Graças, Odílio Lopes de Menezes, Osmar Alves de Araújo, Sérgio de Urzêda Franco, Ulysses Divino Lopes e Wesley Claudino. Os quais permanecem até os dias atuais.

Você está aqui: Início Câmara História